Multivitamínicos

MULTIVITAMINICOS_SUPLEMENTO_NUTRICIONAL

Publicado em março 30, 2011

Os multivitamínicos, também chamados de polivitamínicos, são qualquer preparação contendo mais de uma única vitamina. Eles estão disponíveis em comprimidos e injeções.

Ao suplementar a dieta com vitaminas e minerais adicionais, os multivitamínicos podem ser uma ferramenta valiosa para aqueles com desbalanceamento na dieta, ou que tenham necessidades nutricionais diferenciadas. Pessoas com desequilíbrio alimentar podem incluir aquelas com dietas restritivas e as que não podem comer uma dieta nutritiva.

Muitas vitaminas e minerais são considerados nutrientes “essenciais”. Isso significa que nosso corpo não é capaz de produzi-los. Sendo assim, eles precisam ser obtidos por meio dos alimentos que comemos ou da suplementação. Esses nutrientes são vitais para nossa saúde, pois serve de base para funções cerebrais, contração muscular, balanço de fluidos e produção de energia.

Se no corpo estiver faltando apenas um desses nutrientes vitais, sintomas de deficiências podem aparecer, a fraqueza muscular, deterioração de tecidos de conectividade e supressão da função imunológica, são um exemplo desses distúrbios. Devido ao fato de pessoas ativas, como esportistas e praticantes de atividades físicas, gastarem esses nutrientes mais rapidamente, é comum que eles precisem de mais vitaminas e minerais do que outras pessoas menos ativas.

Dependendo do seu objetivo, alguns minerais podem ajudar mais do que outrs. Se o seu desejo é obter crescimento muscular e recuperação do músculo, consuma cálcio, cobre, magnésio, fósforo, potássio, tiamina, vitamina C, vitamina D e zinco, por exemplo.

Se o seu objetivo for ganhar nergia e resistência, prefira o ferro, magnésio, niacina, ácido pantotênico, fósforo, potássio, riboflavona, sódio, tiamina e vitamina B12. Já se você quiser melhorar sua saúde e retardar o envelhecimento, use o cálcio, ácido fólico, riboflavona, vitamina A, vitamina B12, vitamina B6, vitamina C, vitamina D, vitamina E e o zinco. Para melhorar a saúde mental, os mais recomendados são o ácido pantotênico e a vitamina B6.

Dentro das classificações de multivitamínicos, existem os tabletes que visam suprir as necessidades diárias de micronutrientes. Os multivitamínicos em cápsulas tem o mesmo objetivo do que os multivitamínicos em tabletes, mas são mais usados pela facilidade de engolir.

Existem multivitamínicos específicos para pessoas com mais de 50 anos e tem a mesma finalidade que os demais citados.

Multivitamínicos antioxidantes tem o propósito de defender o corpo dos efeitos negativos dos radicais livres, auxiliando assim na manutenção de uma boa saúde.

Por fim, temos os multivitamínicos anti-estresse com o propósito de combater o estresse e seus efeitos nocivos no corpo, auxiliando assim na manutenção de uma boa saúde.

Contra indicações:

Ainda que multivitamínicos possam ser importantes para corrigir desequilíbrios na dieta, vale à pena ter precaução básica ao tomá-los, especialmente se a pessoa tem alguma condição médica.

Multivitamínicos podem ser tóxicos se grandes doses de várias vitaminas e minerais forem ingeridas. Em especial, isso inclui vitamina A, vitamina D, vitamina B6, ferro e potássio. Além disso, várias condições médicas e medicamentos podem interagir negativamente com multivitamínicos. Para adultos normais, que tomam multivitamínicos para fins gerais de saúde, é recomendado que estes não contenham mais de 100% da dose diária recomendada de cada ingrediente.

Protected by Copyscape Online Copyright Checker

Tags: